sexta-feira, 11 de janeiro de 2008

cena



"ciranda em roda de giz
brios soltos, olhar torto
buscando o que nunca se viu
sorriso inocente à procura da gente
que o tempo imponente engoliu

crença ingênua, bonita de ver
que se faz de um sol e um jardim pra viver
e no meu espírito um desejo infinito:
pra sempre te ter
...
...
céu lindo."

"...mas é um jardim,
com um belo dia de sol em aquarela"
(lui leal)



representação do amor...
amado.


"um desejo infinito:
pra sempre te ter"

Um comentário:

polbaskiajr disse...

então linda...
eu utilizo músicas!!!
veja qual a sua melhor "água"...
hehehe
bjão

pol