quinta-feira, 20 de dezembro de 2007

sou onde não penso

“penso onde não sou, sou onde não penso”
(lacan)


o sujeito lacaniano não se confunde com o eu, não é o ego. o meu pensar é o lugar do meu desconhecido. não sabemos quem somos, porque somos o que falta a ser.


beijos e não pensamentos.

Um comentário:

pricanogueira disse...

hehehe lindaaa!
adoro seus recadinhos sabia??

Bjoooo Feeee

e...
POR UMA VIDA MENOS ORDINÁRIAAAA