segunda-feira, 1 de setembro de 2008

...do:r coração de pedra...

















"tinha cá pra mim
que agora sim
eu vivia enfim o grande amor
mentira
me atirei assim
de trampolim
fui até o fim um amador
passava um verão
a água e pão
dava o meu quinhão pro grande amor
mentira
eu botava a mão
no fogo então
com meu coração de fiador

hoje eu tenho apenas uma pedra no meu peito
exijo respeito, não sou mais um sonhador
chego a mudar de calçada
quando aparece uma flor
e dou risada do grande amor
mentira

fui muito fiel
comprei anel
botei no papel o grande amor
mentira
reservei hotel
sarapatel
e lua-de-mel em salvador
fui rezar na sé
pra são josé
que eu levava fé no grande amor
mentira
fiz promessa até
pra oxumaré
de subir a pé o redentor

hoje eu tenho apenas uma pedra no meu peito
exijo respeito, não sou mais um sonhador
chego a mudar de calçada
quando aparece uma flor
e dou risada do grande amor
mentira"
(samba do grande amor - chico buarque / 1983)



.
.
.
fê, "hoje...tenho apenas uma pedra no meu peito...
mentira"...

5 comentários:

Lorena disse...

Essa música do Chico eu não conhecia, é só mais uma ótima entre tantas outras que ele escreveu.
Te achei nos meus favoritos e não sei o motivo, deve ter sido alguma coisa antiga que eu li e gostei. Beijo ;*

João Rafael disse...

A dor não é pedra. A flor não é anêmica. A pedra ser vivo. Pedra ser flor. Flor e pedra.Pérola.

Para Todos os efeitos... disse...

Peterson Pedrozo prazer. hahahaha

té parece,rs

Para Todos os efeitos... disse...

o ruim do coração de pedra é carregar o peso dela... ai sim da raiva,

Luciano disse...

Lindo o seu blog!!!
Virei fã!!!!
Abraços